26 de agosto de 2016

Arroz Malandrinho de Tomate

Yum

Se há uma coisa em que os portugueses têm orgulho é na gastronomia. Todos enchemos o peito e levantamos o queixo aquando se trata de falarmos da nossa cultura gastronómica, na sua riqueza, diversidade e sabor. Não será com certeza a única coisa em que temos orgulho, mas é claramente um tema onde existe um grande consenso.
E eu acho que temos todas as razões para nos sentirmos orgulhosos. Temos, sem reservas, uma gastronomia riquíssima e variadíssima. Podemos ser pequenos em espaço geográfico, mas somos gigantes no que toca a receitas cheias de tradições e que destacam as principais riquezas nacionais.
Não poderia deixar passar o mês dedicado ao tomate sem trazer uma receita bem tradicional portuguesa: o nosso arroz malandrinho de tomate.
Uma receita que pessoalmente adoro e que me lembra sempre os tempos de miúda, uma vez que foi nessa fase da minha vida que mais o comi.
Era uma receita repetida muitas vezes, quase sempre acompanhada por peixe frito, ou uns não menos tradicionais pastéis ou pataniscas de bacalhau.
E o aroma que paira na minha cozinha quando o faço leva-me sempre para outras cozinhas onde o vi tantas vezes ser feito… pela minha tia… pela minha mãe… pelo meu avô.
Todos terão a sua versão. Uns colocam mais este ou aquele ingrediente. Mas o que importa é a tradição com que ainda se faz e o conforto que transmite quando o saboreamos.

Em jeito de hino à nossa cultura e tradição gastronómica, trago então o meu arroz malandrinho de tomate.







Ingredientes (4 pessoas):
1 chávena de Arroz Carolino Malandrinho Pato Real©
4 chávenas de Água
4 Tomates bem maduros, pelados e sem sementes
1 Cebola, picada
2 dentes de Alho, picados
1 folha de Louro
3 c. sopa de Azeite
Coentros picados, a gosto
Sal q.b.

Preparação:
Coloque um tacho ao lume com o azeite. Deixe aquecer e de seguida junte a cebola, os alhos e a folha de louro. Deixe refogar até que a cebola fique translúcida. Adicione de seguida os tomates cortados em pedaços pequenos, e envolva o tomate na cebola. Deixe apurar por cerca de 1 ou 2 minutos.
Junte o arroz e mexa. De seguida verta a água, tempere com um pouco de sal, mexa de novo, e deixe o arroz cozer lentamente, mexendo ocasionalmente.
Quando o arroz estiver quase cozido, retifique o tempero se necessário.
Sirva o arroz ainda com bastante caldo e polvilhado com os coentros.

4 comentários:

  1. Como sabe bem um bom arroz malandro de tomate. Ficou fantástico. Mesmo no ponto ;)
    Beijinhos

    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
  2. É verdade, a gastronomia por aqui é muito rica e carateriza muito bem as regiões, até porque varia imenso de uma para outra! Quando nos comparamos aos EUA, por exemplo, onde a maior parte das refeições que as pessoas fazem vêm de latas, é fácil sentirmo-nos especiais :P
    Esse arroz tão caraterístico do nosso país ficou com um aspeto magnífico :)

    ResponderEliminar
  3. Adoro arroz de tomate! Este ano ainda não comi nenhum! beijinhos

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...