16 de junho de 2019

Panna Cotta de Baunilha & Framboesa {Raspberry & Vanilla Panna Cotta}


A suavidade e cremosidade de uma panna cotta aliada à frescura e ligeira acidez de uma calda de framboesas é o suficiente para tornar o nosso dia melhor 😊



9 de junho de 2019

Panquecas de Framboesa & Coco {Raspberry & Coconut Pancakes}


Esta é talvez a melhor massa de panquecas que já fiz! O facto de ter coco e framboesas deve ajudar claramente a esta opinião….e além do sabor a massa fica bastante fofinha. A única coisa que eventualmente mudaria é a quantidade de framboesas na massa, poderia ser um pouco menos, talvez ¾ chávena fosse o suficiente.
Uma ótima forma de começar o dia, ou terminar uma tarde 😊



1 de junho de 2019

Junho é mês de...


Junho é mês de dias grandes e de bom tempo!
Abre a época balnear, enchem-se as esplanadas, estendem-se as mantas no chão para deliciosos piqueniques, aproveitando a natureza e a descontração. Todos os pretextos são bons pretextos para aproveitar ao máximo a luz e o calor.
Junho é também o mês de celebrar os Santos Populares. De norte a sul do nosso país a festa é garantida e os arraiais, os bailaricos e as marchas são um bom pretexto para sairmos de casa e divertirmo-nos. No ar vão pairar certamente os cheiros a sardinha assada e a manjericos!...Seja com que mote for, aproveite este mês e saia de casa.
Com o calor as refeições tornam-se naturalmente mais leves. As saladas e os pratos mais descontraídos passam a ser as refeições preferidas, onde a introdução de legumes e frutas são claramente uma mais valia.
O junho é um mês riquíssimo em frutas e legumes deliciosos: temos os tomates, os pepinos, o feijão verde, os rabanetes e nas frutas temos as nêsperas, as cerejas, os pêssegos, as amoras, os morangos, as framboesas entre tantos outros! Imensas propostas para tornar as nossas refeições ainda mais saborosas..

E este mês escolho precisamente um ingrediente lindo, nutritivo e delicioso!

A linda Framboesa.



E assim, deixo de novo o convite: juntem-se a mim, e até ao último dia do mês de junho, inclusive, tragam uma receita, talvez aquela que tantas vezes tem ficado em lista de espera, ou aquela que repetem vezes sem conta nas vossas cozinhas sem que lhe tivessem dado o devido destaque, ou a outra que é de família, a que tem um segredo, aquela que desperta memórias… A única regra é que tenha Framboesa e a valorize enquanto ingrediente!
Deixem o link da vossa receita nos comentários desta publicação. Se não tiverem blogue podem enviar-me um mail com a receita e uma foto e eu farei a sua publicação, com os devidos créditos.
Poderão também identificar a vossa receita com a hashtag #martaingredientofthemonth!


Maio saudável!..


Que bom que foi este maio! Passou rápido, como já veio sendo hábito, mas foi muito bom.
Este foi talvez o mês do ingrediente que mais me surpreendeu até agora. Escolhi um vegetal que era um verdadeiro desafio e que me forçava a sair da minha zona de conforto. Um ingrediente sempre menosprezado cá em casa, raramente utilizado em receitas a não ser em sopas. Saio deste desafio com uma opinião completamente renovada e com vontade de o experimentar em mais receitas. A curgete é um vegetal nutritivo e saudável, que pode ser um ótimo aliado numa dieta cuidada.

Temos mais uma mesinha pequena, mas com receitas muito agradáveis à vista e ao palato!

Sejam todos muito bem-vindos a esta mesa 😊



1 – Carpaccio de Curgete  – Intrusa na Cozinha
4 - Bolinhas de Curgete & Queijo – Intrusa na Cozinha
5 – Creme de curgete e alho-francês – Sugar Bites
6 - Bolo de Courgette e Chocolate  – That Cake Sweet
8 – Esparguete de Curgete com Camarão – Intrusa na Cozinha
10 – Bolo de Curgete & Limão  – Intrusa na Cozinha

31 de maio de 2019

Bolo de Curgete & Limão {Lemon-Zucchini Cake}


Um bolo fresco e fofo com a mais valia de ter como ingrediente a curgete. O limão serve para lhe dar a frescura necessária para o tornar viciante!
O truque neste bolo para o deixar muito fofinho, em vez de húmido como é natural a maioria dos bolos de curgete ficar, é espremerem ao máximo a água que a curgete contém naturalmente. Apertem-na num pano ou espremam-na numa rede e vão constatar a quantidade de água que sai!
A receita é deliciosa acreditem 😊



29 de maio de 2019

Curgetes com Molho Cremoso de Iogurte e Ovos Escalfados {Courgettes with Yogurt and Poached Eggs}

Como brunch, almoço, petisco, lanche ou jantar, seja a que hora do dia for, esta receita é boaaaaaaaa. Muito boa.
Tem sido uma saborosa surpresa as receitas que tenho vindo a fazer com curgete e tenho pena de não ter conseguido fazer mais.
Saio deste mês com uma opinião completamente diferente em relação a este vegetal tantas vezes menosprezado na minha cozinha.
Este foi um mês desafiante e que cumpriu um dos grandes desafios desta rubrica. Fui forçada claramente a sair da minha zona de conforto e elaborar receitas com um ingrediente que não me inspirava. Foi bom, muito bom.
Esta receita, acreditem, vale a pena experimentar. Foi uma delicada e saborosa surpresa.




27 de maio de 2019

Hambúrguer de Curgete Roxa (Grafitti)


Hoje a receita chega-nos pela mão da Carla Rosas, uma sugestão que pode servir como alternativa a uma refeição sem peixe ou carne, ótima para saborear ao ar livre, pois o tempo já o convida!!

Hambúrguer de curgete roxa (grafitti)
                                                     Obrigado Carla!!




22 de maio de 2019

Esparguete de Curgete com Camarão {Shrimp Zoodles}


Ter como ingrediente a curgete e não preparar uns zoodles, seria um verdadeiro pecado. E ainda bem que não deixei de os fazer. Sem dúvida a melhor maneira de comer curgete que preparei até agora.
Tudo maravilhoso nesta receita, rápida, fácil, deliciosa e muito pouco calórica. O que se pode pedir mais?!



19 de maio de 2019

Bolinhas de Curgete & Queijo {Courgette & Cheese Balls}


Querem um petisco delicioso e muito fácil de fazer? Então experimentem estas bolinhas de curgete e queijo e não vão conseguir parar de comer! São super viciantes. Ficam crocantes e bastante saborosas.
Receita a repetir seguramente.




12 de maio de 2019

Carpaccio de Curgete {Courgette Carpaccio}


Aqui há dias uma amiga deixou nos comentários da minha publicação da escolha do ingrediente deste mês que a curgete a baralhava…e eu acho que concordo com ela  😊
Sempre foi um ingrediente que me passou despercebida e ao qual nunca prestei muita atenção. Geralmente era nas sopas que a incluía e pouco mais.
A sua textura e sabor nunca me prenderam.
Mas a verdade é que se lhe dermos um pouco de atenção podemos ter receitas bem interessantes, como é o caso deste Carpaccio. É uma prato muito leve e fresco, perfeito para estes dias mais quentes e que pode ser servido como entrada ou acompanhamento.
Tenho de dizer que me cativou.


1 de maio de 2019

Maio é mês de...


Chegou o Maio.
Com ele, os dias grandes, luminosos e com alguma sorte dias mais amenos, sem a instabilidade de temperatura do ultimo mês.
Chega a vontade de desfrutar dos espaços abertos e verdejantes, dos piqueniques e das saídas em família e/ou rodeados de amigos, para amenas conversas à volta de um petisco.
Maio é o mês das rosas, dos morangos, e até já de algumas cerejas, dos pêssegos e das nêsperas, dos deliciosos espargos, da rúcula, das beterrabas e dos rabanetes, dos brócolos, dos agriões, das favas e ervilhas e dos grelos. Um mês profundamente rico em ingredientes de cores fortes e sabores prenunciados.
A escolha é sempre difícil, como devem calcular…mas para este mês decidi escolher de novo um vegetal. A escolha recaiu sobre a Curgete {Courgette}!


Assim, deixo de novo o convite: juntem-se a mim, e até ao último dia do mês de maio, inclusive, tragam uma receita, talvez aquela que tantas vezes tem ficado em lista de espera, ou aquela que repetem vezes sem conta nas vossas cozinhas sem que lhe tivessem dado o devido destaque, ou a outra que é de família, a que tem um segredo, aquela que desperta memórias… A única regra é que destaque a curgete como ingrediente!

Deixem o link da vossa receita nos comentários desta publicação. Se não tiverem blogue podem enviar-me um mail com a receita e uma foto e eu farei a sua publicação, com os devidos créditos.
Poderão também identificar a vossa receita com a hashtag #martaingredientofthemonth, criada pela querida Lia para este desafio!
No final do mês, temos a promessa de uma mesa recheada de coisas boas, onde nos vamos poder juntar todos, a celebrar uma paixão que nos une: a culinária!

Boas receitas!


Abril de cores mil...


Foi um Abril intenso. Tão intenso como a cor do ingrediente que lhe deu tema.
Muitos são os que não apreciam este ingrediente, mas pela sua riqueza nutricional deveria ser incluído muito mais na nossa alimentação.
Espero que alguma das receitas que aqui vão encontrar vos inspire a dar uma segunda hipótese a este vegetal e, quem sabe, vos incentive a procurar receitas em que introduzam a beterraba e que vos possa satisfazer.
Aos que já gostam da beterraba, certamente vão encontrar aqui algumas receitas que vos vão agradar e muito!

A todos quanto participaram em mais esta mesa, o meu muito obrigado.



Flor de Rosmaninho
2 – Sopa de Beterraba                        
Flor de Rosmaninho
Intrusa na Cozinha
Fast n’ Easy
Intrusa na Cozinha
Intrusa na Cozinha
Basta Cheio
Intrusa na Cozinha
Carla Rosas
Sugar Bites
Intrusa na Cozinha


                           
                                     
E ainda uma participação de ultima hora 😊  um Bolo de Beterraba e Limão da Virginia Dias


Ingredientes:
2 beterrabas médias cruas
2 ovos
sumo e raspa de 1 limão grande
¼ de chávena de óleo
1 + ½ chávena de açúcar
1 + ½ chávena de farinha
½ c. de chá de fermento
1 c. de café de essência de baunilha
Preparação:
Na liquidificadora bater a beterraba cortada em pedacinhos com os ovos, óleo e sumo e raspa de limão. Peneire junto a farinha, fermento e açúcar, juntar o batido de beterraba, acrescentar a baunilha e misturar bem. Levar ao forno a 180ºC 30 a 40 minutos.

30 de abril de 2019

Bolo de Chocolate & Beterraba {Chocolate & Beetroot Cake}


Há imenso tempo que tinha curiosidade em usar beterraba num bolo. A rubrica veio permitir que essa curiosidade fosse satisfeita e testada.
Este é um bolo de textura densa, húmida, quase que “apundizada” e de sabor intenso. Não há como negar que é feito de beterraba. A união da beterraba com o chocolate é bastante utilizada e percebe-se o porquê; os dois sabores funcionam muito bem e a massa fica com uma intensidade muito boa. O creme de Ricotta e laranja veio trazer alguma frescura a este união de sabores fortes.
Tenho de salientar que não é um bolo para todos os palatos; cá em casa foram mais os que não gostaram, principalmente os mais novos. Não é seguramente um dos bolos que fica no meu top, mas valeu a pena experimentar para poder desmistificar e satisfazer uma séria de dúvidas e curiosidades.


29 de abril de 2019

Risotto de Beterraba




Hoje a receita chega-nos pelas mãos da Carla Rosas, que mesmo não apreciando a beterraba aceitou o desafio, trazendo um lindíssimo Risotto de Beterraba.

Um dos objectivos desta rubrica é também desafiar-nos a sair da nossa zona de conforto, elaborando receitas com as quais possamos a descobrir sabores novos.
A beterraba é um ingrediente que não reúne consenso e ou se ama ou se detesta, mas se descobrirmos a receita certa podemos vir a olhar para ele com outros olhos :)

Obrigada Carla por teres aceite o desafio e por te desafiares a ti mesma e marcares presença mais uma vez na nossa grande mesa!



 

Ingredientes (para 3 pessoas):
2 + 1 colheres de sopa de manteiga (usei com sal)
2 chalotas picadas
2 beterrabas pequenas cozidas e raladas
1 chávena de arroz (usei Carnaroli)
150ml vinho branco
1 litro caldo de carne ou de legumes (usei de carne)
queijo parmesão ralado (a gosto)
salsa picada (opcional)
pimenta preta moída na hora (opcional)

Preparação:
Preparar o caldo de carne/legumes.
Ralar as beterrabas previamente cozidas. Reservar.
Picar as duas chalotas e o dente de alho.
Num tacho largo derreter duas colheres de sopa de manteiga juntamente com as chalotas e o alho. Deixar amolecer.
Acrescentar o arroz e envolvê-lo bem na manteiga com as chalotas e o alho.
Juntar o vinho branco. Mexer e deixar cozinhar até o vinho estar completamente absorvido.
Ir adicionando, ao arroz, o caldo, mexendo sempre, com cuidado, até o líquido evaporar.
Antes de adicionar a última concha de caldo juntar a beterraba ralada e envolver bem no arroz. Acrescentar o restante caldo, mexendo sempre até o líquido estar absorvido e o arroz " al dente". Retirar do lume.
Acrescentar a restante manteiga. Envolver. Servir de imediato polvilhado com parmesão, um pouco de salsa picada e pimenta preta moída.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...