19 de agosto de 2016

Olhá Bola de Berlim ...... de Castanha!

Yum

Agosto
Praia
Ondas
Mergulhos
Areia
Conchas
……  e inevitavelmente Bolas de Berlim!

Há prazeres que não se explicam, e o de comer uma bola de Berlim, com o pé enfiado na areia, é um deles… não se explica, lambe-se o açúcar dos lábios e pronto. Não há nada melhor.
As que vos trago hoje são especiais. São de castanha. Isso. Feitas com Farinha de Castanha Portuguesa Amálgama.
E sabem uma coisa? Para mim, são melhores ainda que as tradicionais!


A massa ficou perfeita, com um leve sabor a castanha, e bem fofinha. Recheadas com o creme ficaram absolutamente divinais. 


Preferi fazê-las pequenas, que se comem em duas dentadas. Faz parecer que o pecado é menor! 




Bom verão, continuação de boas férias, e não se esqueçam de comer uma Bolinha de Berlim…..  de Castanha.


Ingredientes (15 und. de ±30g):
Massa
200g de Farinha de Trigo forte (para pão, tipo 65)
50g de Farinha de Castanha Amálgama
30g de Açúcar
12g de Fermento Fresco
60ml de Leite, morno
1 Ovo + 1 Gema, à temperatura ambiente
Raspa de ½ Limão
5g de Sal
1 c. café de Aguardente
60g de Manteiga, amolecida
Creme de Castanha
250ml de Leite
10g de Amido de Milho
15g de Farinha de Castanha Amálgama
1 Ovo + 1 Gema, à temperatura ambiente
15g de Manteiga, refrigerada
1 Pau de Canela

Óleo, para fritar
Acúcar, para polvilhar

Preparação:
Comece por preparar a massa para as bolas de berlim.
Desfaça o fermento no leite morno.
Coloque todos os ingredientes da massa, exceto a manteiga, na tigela de uma batedeira de pé, equipada com a vara para massas fortes. Misture numa velocidade média durante 6 minutos. De seguida, raspe as paredes da taça, e adicione a manteiga, em pedaços de 20g de cada vez, numa velocidade média novamente. Adicione o pedaço seguinte de manteiga só quando a anterior estiver completamente incorporado na massa.
Após a adição do último pedaço de manteiga, bata a massa por mais uns 6-8 minutos, até que tenha uma aspeto liso, brilhante e elástico.
Coloque a massa numa tigela, previamente polvilhada com farinha, e tape com um pano. Deixe levedar durante 2-3 horas num lugar quente, até dobrar de volume.
Entretanto prepare o creme de castanha.
Num tachinho coloque o leite com o pau de canela, e leve ao lume. Aqueça sem deixar ferver.
Numa tigela, misture os ovos com o açúcar, o amido de milho e a farinha de castanha.
Verta o leite bem quente, em fio, sobre o preparado de ingredientes secos, mexendo sempre.
Volte a colocar o creme no tacho, e leve a lume brando. Sem nunca deixar de mexer, deixe cozinhar até engrossar.
Retire do lume, junte a manteiga e mexa até que manteiga esteja completamente derretida.
Coloque o creme num recipiente e tape com película aderente. A película deverá ficar colada ao creme, para que não crie crosta. Deixe arrefecer por completo.

Após a massa das bolas ter levedado, coloque um pano de cozinha num tabuleiro e salpique com um pouco de farinha. Retire a massa da tigela e amasse-a ligeiramente.
Retire pedaços com cerca de 30g (para bolas de berlim pequenas…) e role a massa entre as palmas das mãos para formar bolinhas. Coloque-as em cima do pano que preparou, deixando pelo menos 5cm entre cada uma, e tape-as com um pano. Deixe levedar de novo por cerca de 1 hora.
Coloque óleo a aquecer numa fritadeira/frigideira funda, e deixe aquecer até aos 170ºC. Nota: o óleo não pode estar muito quente, senão as bolas não crescem, e corre o risco de queimarem por fora e a massa ficar crua no seu interior.
Frite as bolas, em lotes de 3 ou 4, até dourar, cerca de 3-4 minutos de cada lado. Verifique a temperatura do óleo entre cada lote.
Retire as bolas do óleo, e coloque a escorrer em papel de cozinha para absorver o excesso de óleo. De seguida, e enquanto ainda estão quentes, role-as sobre açúcar, e depois deixe-as arrefecer por completo sobre uma grade.
Uma vez frias, recheie as bolas de berlim com o creme de castanha.
E agora tente comer só uma!

14 comentários:

  1. divinais e tentadoras quanto baste, perfeitas. beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Omg, que sugestão tão original e tentadora. Por serem pequeninas especialmente não há desculpa possível :p

    thebrunettetofu.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O tamanho miniatura faz mesmo o pecado parecer menor. O problema é resistir a comer só uma :)
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Humm... Que deliciosas. Até o cenário foi pensado ao pormenor. :)
    Beijinho

    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
  4. Isto de ver todas as sobremesas mais populares na sua 'versão castanha' tem muito que se lhe dia :D Essas bolas de Berlim devem ser o máximo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem-me dado um prazer muito especial cozinhar com a farinha de castanha, e os resultados são muito saborosos!
      Por isso esta não terá sido de todo a última receita com farinha de castanha ;)
      Beijocas

      Eliminar
  5. Marta, não há mesmo como resistir às tuas bolas de berlim. De castanha?! Really?! Opah, que coisa maravilhosa. Para além do sabor que deve ser divino, o aspecto está muito tentador. E o recheio desperta a gula que há em mim e pede-me para ir a correr para a cozinha. Mas não pode ser, terão de ficar para outras núpcias. Adorei a sugestão e também o food styling. :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ohhh obrigado Célio!
      Eu adorei estas bolinhas de berlim, são realmente pequenas tentações. Mesmo que não tenhas oportunidade de fazer as bolas, faz o creme, é delicioso.
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Que receita tão interessante! Adorei estas "novas bolas de Berlim" :P
    Parecem deliciosas

    http://deaprendizachef.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São mesmo Daniel!
      Obrigado conterrâneo :)
      Beijocas grandes

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...