5 de janeiro de 2019

Janeiro é mês de.....


A entrada num novo ano traz com ele a vontade de mudanças, a esperança que a vida e os nossos projetos corram pelo melhor. Nunca fui uma pessoa de fazer planos e resoluções de Ano Novo, mas acabo sempre por ter uma leve esperança que é no ano que começa que vou conseguir concretizar um ou outro projeto que está planeado há já algum tempo. Veremos.
Pode não mudar muita coisa, mas pelo menos vou tentar!

Um dos projetos ao qual pretendo voltar com todas as minhas forças é ao nosso “Ingrediente do Mês!...  São muitas as saudades deste pequeno projeto e de todas as alegrias que tive com ele. É uma linha orientativa no blogue e uma forma de não me deixar distanciar deste projeto que tanto amo e que me faz tão feliz.

Assim estamos de volta! Voltamos a ter um Ingrediente especial todos os meses 😊  o que dizem?  Posso contar com a vossa participação e ajuda?

Neste janeiro decidi escolher o Ananás. Um fruto exótico, de sabor doce e muito saudável. É um regresso bem doce e colorido.



Assim, e com esta deixa, deixo de novo o convite! Juntem-se a mim e a tragam uma receita, talvez aquela que tantas vezes tem ficado em lista de espera, ou aquela que repetem vezes sem conta nas vossas cozinhas sem que lhe tivessem dado o devido destaque, ou a outra que é de família, a que tem um segredo, aquela que desperta memórias…. A única regra é que tenha Ananás!
Deixem o link da vossa receita nos comentários desta publicação. Se não tiverem blogue podem enviar-me um mail com a receita e uma foto e eu farei a sua publicação, com os devidos créditos.

No final do mês, temos a promessa de uma mesa recheada de coisas boas, onde nos vamos poder juntar todos, a celebrar uma paixão que nos une: a culinária!




Ananás ou Abacaxi?
Existem variedades mais ácidas ou mais doces, mas na realidade trata-se do mesmo fruto, só muda o local onde é produzido.
O ananás é oriundo do Sul do Brasil e Paraguai, demora 18 meses a crescer e só é colhido quando está maduro. Em Portugal, os Açores são a sua principal região produtora.
Apesar de cultivarem uma variedade de ananás agridoce e aromática, o abacaxi, por ser mais doce e uma alternativa mais económica, parece agradar mais aos portugueses. Oriundo de países tropicais como a Costa Rica, este distingue-se do ananás por ser cultivado ao ar livre e pela sua forma mais alongada.

O ananás é uma fruta de origem exótica muito versátil. Tanto pode ser usada como sobremesa, como complemento de saladas ou até de pratos principais. Tem imensas propriedades benéficas para o organismo. Ajuda, entre outras coisas, a manter os níveis de tensão arterial e de colesterol dentro dos valores recomendados e regula o trânsito intestinal.

Contém muita água e poucas gorduras, pelo que o seu valor calórico é baixo. Quando maduro, contém cerca de 10% de hidratos de carbono simples ou de absorção rápida. O seu conteúdo em açúcares duplica nas últimas semanas de amadurecimento, pelo que os frutos colhidos antes de tempo ficam ácidos e pobres em nutrientes.

Contém uma enzima específica, a bromelina, com propriedades de esfoliação, que rompe as moléculas proteicas e atua como queima-gorduras. O seu alto teor de fibra e água alivia a prisão de ventre e outros distúrbios do organismo.


A sua concentração de vitamina C favorece a absorção de ferro e as propriedades antioxidantes melhoram o funcionamento do sistema imunitário, acelerando a recuperação de constipações e gripes.

Consumido antes das refeições, sacia o apetite, devido à sua riqueza em fibra, e é um bom complemento nas dietas de emagrecimento. Ao natural ou em saladas, o ananás é ideal como sobremesa e favorece a digestão. Também combina bem com salada de frango, por exemplo. A cozinha chinesa junta-o ao porco e ao pato. Como aperitivo, ajuda a preparar o estômago para a refeição.


A propriedade mais conhecida do ananás é a diurética, o que contribui para eliminar as toxinas através da urina, benéfico para quem tem problemas de rins, bexiga e próstata.
O ananás é sensível às mudanças bruscas de temperatura. Por isso, após descascar e cortar o fruto, mantenha-o alguns dias em lugar fresco e seco, envolto em plástico. O frigorífico deteriora o fruto, que não suporta temperaturas inferiores a 7°C. Quando maduro, deve comê-lo logo, para não perder sumo.
Um ananás está maduro quando a polpa cede um pouco à pressão dos dedos, o aroma é intenso e a ponta das folhas é alaranjada e arranca-se com facilidade.


O nosso ananás dos Açores

Conhecido como o fruto-rei, foi trazido do Brasil para o arquipélago português ainda durante o século XVII. Atualmente, é cultivado em estufas específicas para consumo nacional e para exportação, tendo obtido a denominação certificada de Ananás dos Açores, em 1996. Esta fruta tem um sabor mais agridoce e aromático do que o abacaxi comum. No entanto, a concentração de vitaminas e minerais essenciais é superior.

É ligeiramente mais pequeno do que o ananás mais comum, tem uma forma mais arredondada, apresenta menos folhas e a casca é ligeiramente mais alaranjada. Uma rodela de ananás natural, com 84 gramas em média, não ultrapassa, em média, as 42 calorias, constituindo por isso um snack perfeito para os períodos entre as refeições maiores. Além de vitaminas B1 e B6, fornece fibras, cobre, vitamina C e manganésio.


Fontes:

3 comentários:

  1. dúvido que consiga trazer uma receita nova, mas vou fazer um apanhado dos pratos que tenho no blog em que use ananás, pelo menos um tenho de certeza e é uma receita deliciosa!! Que bom ter-te de volta!!

    ResponderEliminar
  2. Olá querida Martinha,
    Fico muito feliz por estares de volta ao blog e à tua rubrica que tanto adoro!
    Que este Novo Ano seja repleto de projetos felizes, muita saúde e alegria.
    Um grande beijinho e até breve,

    Paula G.

    ResponderEliminar
  3. Olá Martinha,
    Aqui estão os links das minhas receitas.
    Espero que gostes!

    https://sugar-bites.blogspot.com/2019/01/bolo-de-ananas.html
    https://sugar-bites.blogspot.com/2019/01/carne-de-porco-com-ananas.html
    ... esta também vale muito a pena estar na mesa deste mês!
    https://sugar-bites.blogspot.com/2018/04/dacquoise-de-abacaxi.html

    Beijinhos

    Paula G.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...