23 de julho de 2016

Arroz Doce de Amêndoa com Pêssego

Yum


Um primo meu diz que festa que queira merecer o nome de festa tem obrigatoriamente de ter arroz doce!  Estou inclinada em achar que a opinião dele é unicamente baseada no facto de ele ADORAR arroz doce, e ser a sua sobremesa preferida, mas acabo por concordar um pouco com ele…
Arroz doce é uma sobremesa familiar, presença obrigatória nas festas de anos, reuniões de família, Natal, Páscoa… intemporal… que a tia, a avó, a mãe faz sempre… daquelas que há sempre alguém na família que utiliza esta ou aquela técnica, que tem um segredo que torna o SEU arroz doce único e especial.
Mas que está lá sempre… e que até se estranha quando não há…

A versão que trago hoje, é muito diferente da receita tradicional, mas que embora esteja muito longe da versão original, não deixa de ser extremamente agradável, e bastante mais saudável…  é na verdade uma receita especial, sem glúten e sem lactose. 
Gosto de olhar para esta receita como uma versão renovada de uma receita tradicional, à qual acrescentei a doçura e frescura do pêssego!
Espero que gostem.




Ingredientes (4 a 6 pessoas):
         Receita original Donna Hay
150g de Açúcar
1 Lt de Leite de Amêndoa
1 Vagem de Baunilha, aberta ao meio e sementes raspadas
Compota de Pêssego & Pêssego Fresco para servir 

Preparação:
Coloque o arroz, o leite de amêndoa, o açúcar, a semente de baunilha e as sementes numa panela, e leve a lume forte até que levante fervura. Reduza o lume para o mínimo, tape e deixe cozinhar, mexendo ocasionalmente, por cerca de 12 a 15 minutos, até que o arroz esteja cozido e macio. Deixe o arroz repousar por 5 minutos antes de retirar a vagem de baunilha.
Distribua por taças e deixe arrefecer antes de servir (se conseguir!)
Sirva com compota de pêssego e pêssego fresco descascado, cortado em pedaços pequenos.

Bom Apetite!



4 comentários:

  1. cá em casa NUNCA há arroz doce!! A única pessoa que gosta é o meu marido, por isso lamento para ele mas está fora de questão confeccionar, é que só o cheiro do arroz a cozinhar com açucares me deixa maluca loool. Agora, em termos de aspecto, o teu está LIN-DO!!! O pessego aí ficou mm bonito, adorei o mood das fotos!
    http://bloglairdutemps.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Hummm esse arroz doce deve ser delicioso.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/07/na-cozinha-com-cozinha-de-uma.html

    ResponderEliminar
  3. Doce Marta,
    Eu concordo discordando com o teu primo, lol.
    Acho que é trauma dos arroz doces que a mãe e a avó sempre fizeram. Exímias cozinheiras no que toca a salgados e alguns bolos clássicos e doces, mas no que toca ao arroz doce...? Seco e nada cremoso (próprio para caiar padres, lol).
    No entanto, não há de facto festa de anos ou Natal, em que a mãe esteja presente, que não insista em ir para a cozinha fazer arroz doce para pôr na mesa e que só ela come (e o resto acaba por ir para o lixo, o que me faz doer a alma...).
    Bom, mas dito isto, tenho uma cunhada que faz o mais cremoso arroz doce do mundo e só como o dela. Nunca faço, mas sinceramente, sempre que vejo um arroz doce cremoso, seja sem ou com gluten, lactose e milhões de calorias, apetece-me logo espetar-lhe a colher e atacá-lo ferozmente e é o caso deste teu. A adição do doce e do pêssego fresco, só pode elevá-lo a magnífico mesmo!!
    Um beijinho,
    Lia

    ResponderEliminar
  4. Parece-me 5 estrelas esta combinação de sabores. Humm...
    Maravilhoso!!
    Bjinhos

    Bimby & Sabores da vida

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...