28 de fevereiro de 2016

Brooklyn Blackout Cake... e a luz da minha vida.

Yum
Vês aquela luz, lá bem em cima, no céu escuro?
Começou por ser um pontinho, fraquinho, pálido, sumido…
Hoje é forte, grande, e ilumina a minha noite com todo o esplendor da sua luminosidade….
És tu, minha estrelinha….
És forte. Bem mais forte do que pensas.
És grande. Um grande ser humano.
Irradias luz. Iluminas-me.
Minha estrelinha.



Espreita lá atrás….
Consegues ver a quantidade de coisas maravilhosas que já conseguiste nestes 15 anos?
O que já fizeste? Como cresceste? Como te tornaste num jovem lindo?
Consegues ver a quantidade de pessoas maravilhosas e generosas que passaram nestes anos na tua vida e que ajudaram a que tornasses num jovem extraordinário, e cujas vidas tu também, de alguma forma, tocaste e tornaste mais especial?
Meu jovem delicioso, sorri, e abraça o que de melhor há no que te rodeia, e nas pessoas que te apoiam todos os dias, incondicionalmente. Ostenta orgulhosamente as tuas vitórias, aprende com os teus fracassos, e avança.
Nunca percas a capacidade de descobrir, de te maravilhares. Nunca deixes de sorrir.
Mantém a perseverança destes últimos anos, mesmo nos dias mais difíceis e complicados. Promete-me. Em dia nenhum julgues que não consegues, que não és capaz.
Não existem impossíveis. Existem só algumas coisas difíceis e árduas de conseguir.
Acredita e faz acontecer.
Eu acredito em ti.
Dizer que tenho orgulho em ti é pouco. É muito mais que isso.
Dizer que te amo, é pouco. Não chega.
A palavra é pequena demais.
És um jovem extraordinário.
Admiro-te imenso.    My special one.



Brooklyn BlackOut Cake
Este bolo é um clássico americano, criado e popularizado em Brooklyn durante a II Grande Guerra Mundial, por uma famosa cadeia de panificação com várias lojas na cidade, a Ebinger's Bakery Company
O bairro do Brooklin, em Nova York, abrigava um dos mais importantes estaleiros da Marinha dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial. Por isso, era um alvo importante a ser destruído pela frota inimiga, que se guiava pela silhueta dos navios americanos marcada contra as luzes da cidade para bombardeá-los. Tentando dificultar esses ataques, a Defesa Civil desenvolveu os treinos de Blackout [apagões], cortando a energia dos bairros próximos e orientando a população a cobrir suas janelas com panos escuros. 
Foi nessa mesma época que a Ebinger's Bakery criou um bolo de chocolate de massa fofa e bem escura, recheada de pudim de chocolate [o que era um luxo na época, devido ao racionamento] e coberto por migalhas da própria massa, que recebeu o nome de Blackout Cake.
Este bolo é o segundo desafio lançado pela dupla Lia do Lemon & Vanilla e Susana do Basta Cheio, o Sweet World.
Desta vez, e tentando não ter outra saga como da do primeiro desafio deste projeto, decidi seguir à risca a receita proposta pela Susana. Só aumentei a quantidade de pudim, porque sou mesmo gulosa por cremes J
O bolo é maravilhoso. Como usei cacau sem açúcar ficou com a dose certa de açúcar, na opinião de todos os críticos amadores cá de casa. E mesmo para no-chocolate lovers, como eu, este bolo não nos deixa indiferentes. Sem dúvida uma receita a repetir em datas especiais, como foi este o caso, para celebrar o 15º aniversário do meu filhote mais velho.









Ingredientes (8/10 doses):
Pudim
100g de Açúcar Refinado
500ml de Leite, à temperatura ambiente
3 Gemas, à temperatura ambiente
3 c. sopa de Amido de Milho (Farinha Maizena©)
1 ½ c. sopa de Cacau Puro sem Açúcar (usei da Valor Chocolates©)
150g de Chocolate Negro (pelo menos 70% Cacau), partido em pedaços
1 pitada de Sal
1 c. chá de Extrato de Baunilha
Bolo
160g de Manteiga sem sal, cortada em cubinhos, à temperatura ambiente
220g de Açúcar Refinado
2 Ovos, grandes, à temperatura ambiente
1 c. chá de Extrato de Baunilha
260g de Farinha de Trigo
1 ½ c. chá de Fermento Químico
½ c. chá de Bicabornato de Sódio

½ c. chá de Sal
50g de Cacau Puro sem Açúcar (usei da Valor Chocolates©)
200ml de Leite, à temperatura ambiente
60ml de Café, forte








Preparação:
Comece por preparar o pudim que deverá ir ao frio no mínimo 4 horas, ou idealmente, de um dia para o outro. O importante é estar bem fresco e consistente quando o for usar.
Dilua metade do amido de milho numa colher de sopa de leite e junte às gemas. Mexa bem até obter um creme homogéneo e sem pedacinhos de amido visíveis. Reserve
Num tachinho junte o açúcar, o restante amido de milho, o cacau e o sal. Acrescente o leite e dilua tudo muito bem. Leve a lume médio até começar a ferver e a engrossar ligeiramente. Nessa altura reduza o lume para o mínimo.
Juntar uma colher sopa do preparado quente às gemas/amido e mexa bem para as destemperar. De seguida verta as gemas para o tacho mexendo sempre e deixe cozinhar cerca de 1 minuto, acrescentando de seguida o chocolate. Mexa bem até este se encontre totalmente derretido.
Retire do lume, acrescente o extrato de baunilha e transfira para um recipiente que possa ir ao frio. Deixe arrefecer um pouco, tape com película aderente, para não criar crosta, e leve ao frigorífico até ao momento de usar, no mínimo 4 horas.

Para a massa: Pré-aqueça o forno a 180ºC. 
Unte com manteiga e revesta o fundo com papel vegetal também untado, duas formas redondas com 18cm de diâmetro. Polvilhe ligeiramente com farinha e reserve (as receitas originais indicam forma de 20 cm, mas achei a medida 18cm a ideal).
Peneire os secos para um recipiente (cacau, farinha, fermento, bicarbonato de sódio e o sal).Reserve.
Bata a manteiga com o açúcar durante 4 a 5 minutos até obter um preparado fofo. Acrescente os ovos, um a um, batendo entre cada adição.
Com a batedeira a baixa velocidade, acrescente o leite misturado com o café e o extrato de baunilha, alternado com a mistura de secos, em várias vezes e sem bater demasiado.
Distribua a massa em quantidades iguais pelas duas formas, e leve ao forno cerca de 30-35 minutos. Atenção para não deixar cozer e secar demais. Verificar a cozedura com um palito e retire do forno.
Deixe arrefecer cerca de 10-15 minutos, desenforme, e deixe arrefecer por completo sobre uma grelha.
Montagem:
Estando os bolos completamente frios, corte cada um em duas partes iguais. No meu caso os altos que se formam nos topos do bolo foram suficientes para as migalhas de cobertura, pelo que, usei as 4 fatias na composição do bolo.
Se tal não acontecer,use 3 fatias para montar o bolo e a 4ª para triturar em migalhas finas para a camada de cobertura final.
Barre a fatia da base com pudim de chocolate. Coloque nova fatia por cima, volte a barrar com pudim e repita a operação até à 3ª fatia.
Se possível leve o bolo 15 minutos ao frio para "prender" e ficar mais estável.
De seguida, com uma espátula, barre todo o bolo com o restante pudim, começando pela superfície e continuando pelas laterais, até estar totalmente coberto.
Triture a fatia sobrante, ou os topos do bolo, em migalhas e, com as mãos em concha, espalhe-as pelo topo e laterais do bolo, até que adiram e cubram todo o pudim.
É aconselhável não apertar as migalhas na mão, pois facilmente se aglomeram e perdem o ar leve e solto que devem ter, além de ser mais difícil de aderirem ao pudim.
Conservar no frio até ao momento de servir.

23 comentários:

  1. Mnhaaaaaam, lá bom aspecto tem ele!!! Parabéns ao aniversariante, e que linda carta de amor maternal que foi o inicio deste post!!!
    http://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é só de aspeto :) Este bolinho é mesmo uma delicia!
      Obrigado Miranda
      Beijinho

      Eliminar
  2. Antes de mais muitos parabéns para a tua estrelinha! E para ti também, porque as mães muitas vezes são esquecidas nesse dia e eu acho muito mal! O bolo é uma verdadeira tentação e as fotos estão absolutamente maravilhosas! Das mais bonitas que já fizeste! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado querida Elizabete.
      Foi um bolinho que me deu muito gosto fazer e também fotografar! Sem dúvida.
      Beijinhos enormes

      Eliminar
  3. Ena!!! Está perfeito!! E essa apresentação, uma maravilha. Adorei tanto o bolo como a produção fotográfica. Está linda!!
    Beijinhos!!

    http://bimbysaboresdavida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Que espectáculo de post Marta!
    Em primeiro lugar, muitos parabéns ao teu filhote, que deve estar muito emocionado com esta tua linda homenagem.
    15 anos (o meu também os fez este mês)... crescem tão rápido não é?
    O teu Brooklyn está magnífico e as fotos fabulosas e foi sem dúvida um belíssimo bolo para tão importante ocasião e desta vez sem percalços, lol!
    Um beijinho e obrigada por mais esta linda participação,
    Lia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ohhh obrigado Lia. Fico mesmo emocionada e agradecida com os vossos comentários!
      Verdade...eles crescem bem rápido.
      Desde vez não houve nenhum percalço, felizmente!
      Beijinhos enormes

      Eliminar
    2. Não houve nenhum percalço no bolo, mas espreita o comentário que deixei no da Susana ;)

      Eliminar
  5. Marta, que post mais bonito e delicioso. Em todos os sentidos. :)
    Até nos sentimos orgulhosas por teres escolhido a proposta do Sweet para o bolinho de aniversário do teu filhote. Muitos Parabéns a ambos.
    O bolo ficou excelente e toda a composição fotográfica está divinal e intensa, mesmo em consonância com a natureza do Brooklyn.
    Desta vez correu bem e será sempre assim, umas vezes mais calmas e fáceis e outra de maior dificuldade e aprendizagem. Já a mim foi este menino que me deu mais que fazer ;)
    Muito Obrigada pela tua fantástica participação.

    Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. querida Susana,
      é tão compensador ler os vossos comentários, e sentir que a minha dedicação chega aí, a vocês.
      Como é óbvio, este bolinho foi muito especial... todos os aniversários dos nossos filhos são importantes, mas este foi um que me marcou bastante. Até pela fase de crescimento/desenvolvimento em que ele está...
      Esta "produção" fotográfica foi bastante especial também, porque foi a primeira vez que me estreei a fotografar no escuro. Tenho de confessar que me deu um prazer desmedido!
      Ainda tive um percalço sabes.... não foi na receita, mas com o cenário! Ia incendiando a casa, salvo seja... deixei as candeias acesas, e fui buscar uma coisa à cozinha, e de repente tenho o meu marido a gritar: Vem cá rápido! Valeu ser só um susto....mas o primeiro cenário ardeu... :D eu e a minha descontracção natural ás vezes trazem uns dissabores ;)
      Quanto ao bolinho, achei-o uma delicia, e foi mais uma vez um prazer poder participar no vosso projecto, conhecer e provar mais uma receita do Mundo.
      Beijinhos enormes

      Eliminar
  6. O bolo está lindo e delicioso, as fotos maravilhosas mas o que mais me deixou feliz foi a homenagem, parabéns :)
    Beijinhos, se quiseres vem visitar-me em
    Gulosoqb.blogspot.pt
    Facebook.com/gulosoqb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Carlinha!
      São palavras amadas....
      Beijinhos grandes

      Eliminar
  7. Já 15 anos, meu Deus o tempo voa...... Muitos parabéns ao teu guerreiro e a ti como mãe que nunca baixas os braços!!!! Uma beijoka especial aos 2

    Ana Margarida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai Ana, foi tão bom ler o teu comentário!! obrigado linda pelas tuas palavras...
      Tenho tantas saudades tuas, e da Carlinha....tantas miúda. Das nossas conversas, das nossas parvoíces... de poder desabafar com vocês. Sinto mesmo muita falta.
      Beijo do tamanho do Mundo. Espero que esteja tudo bem contigo e com os teus.

      Eliminar
  8. Olá Marta :)
    Está de parabéns... Ter sido mãe, ao filhote pelos seus quinze anos e pelo lindo bolo que celebrou a data. Participação perfeita e bela.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. marta, já tinha lido o post mas só hoje tive oportunidade de deixar um comentário. Antes de mais parabéns ao teu filho. Já 15 anos? Wow!!!
    Admito que fiquei um pouco apreensiva como esta receita, porque tb não sou grande fan de bolo de chocolate, mas fiquei mais descansada depois da tua apresentação. Vou tentar fazer a receita este fim de semana, se tiver coragem, eu ano gosto mesmo nadinha de custares com chocolate...lá terá de ser.....
    beijinhos e boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pois é linda, já 15 anos :D
      sabes...começo a achar que o que eu não gosto é daquelas quantidades gigantes de açúcar que juntam ao cacau...porque os últimos bolos que fiz em que usei cacau sem açúcar ficaram bastante agradáveis, e eu gostei....continuo a não gostar de chocolate em tablete, mesmo que seja daquele bem negro.. mas estes últimos bolinhos têm-me agradado bastante. Pode ser que aconteça o mesmo contigo ;)
      Porque não fazes o custard de café?....
      Beijocas grandes

      Eliminar
  10. o bolo está magnifico e a produção fotográfica espelha bem o amor e empenho dedicado...
    Parabéns à mama e ao filhote
    :*
    beijinhos
    Carla
    cromasdacozinha.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado Carla. Foi tudo feito com muito carinho, ainda bem que se nota :)
      Beijinhos

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...