19 de fevereiro de 2016

Queen of Puddings

Yum
Quando conheci o projeto lançado pela dupla Lia do Lemon & Vanilla e Susana do Basta Cheio, o Sweet World, fiquei logo rendida. Gosto imenso deste género de desafios, onde somos colocados à prova, onde somos convidados a sair da nossa zona de conforto e a fazer receitas que se calhar de outra forma não faríamos.




A primeira receita proposta, para mim, foi claramente um desafio. É uma receita que dificilmente faria por iniciativa própria, com a qual travei uma grandiosa batalha, e que claramente subestimei. Não é uma receita de todo difícil, muito pelo contrário, mas que eu só consegui que resultasse à terceira tentativa…

Entretanto, a meio de todo o desastroso processo, já era uma questão de orgulho e desafio pessoal! Dava comigo a pensar “serei só eu a ter dificuldades com esta sobremesa? Bolas!” e depois via um desfilar de pudins lindos, de suspirar… e eu sem conseguir fazer um único que fosse! Tenho de confessar que estava a dar cabo do meu orgulho próprio….  J

E depois também não queria, de forma alguma, faltar a um desafio ao qual me tinha proposto responder, desde o primeiro minuto….

Na primeira tentativa segui a versão de Mary Berry sugerida pela Lia, mas o pudim talhou… na segunda, segui a versão sugerida pelo Célio do Sweet Gula do Jamie Oliver, e aqui já correu um pouco melhor; mas como tinha achado o primeiro pudim exageradamente doce, decidi diminuir a quantidade de açúcar no merengue, e como é óbvio, este não ficou brilhante e estaladiço, mas em termos de sabor, sinceramente, foi a versão que mais me convenceu. Na terceira e última, segui novamente a versão do Jamie Oliver, mas acabei por fazer o merengue com a totalidade do açúcar, mas já não levei ao forno, queimei só com o queimador.

E assim, ao final de três tentativas, consegui um Queen of Puddings, que é minimamente digno de ser apresentado J 


Ufa!



Ingredientes (4 doses):
25g de Manteiga
285ml de Leite
100g de Açúcar
85g de Pão Ralado Fresco
Raspa e sumo de 1 Limão
2 Ovos, claras e gemas separadas
2 c. sopa de Compota de Frutos (usei Curd de Laranja – Receita da Anasbageri) – Todas as receitas que tive oportunidade de ver usam compota de frutos vermelhos, e embora a ideia do desafio seja mantermo-nos o mais fiel possível à receita original, eu tomei a liberdade de “fugir” um bocadinho da receita neste ponto e usar curd de laranja, porque pessoalmente apraz-me mais os curd de citrinos, e também porque tendem a ser menos doces…






Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180ºC.
Unte com manteiga uma forma com cerca de 20cm de diâmetro, ou 4 taças, e reserve.
Leve um tacho ao lume com a manteiga, o leite e 2 colheres de sopa de açúcar. Aqueça sem deixar ferver. 
Numa taça coloque o pão ralado fresco e verta sobre ele o leite. Deixe repousar cerca de 15 minutos para que o leite seja bem absorvido pelo pão. 
Adicione as gemas, a raspa e o sumo de limão e envolva bem.
Verta o preparado na forma reservada e leve ao forno cerca de 25 minutos, até o pudim estar firme e cozido.
Retire o pudim do forno e deixe que arrefeça.
Espalhe a compota sobre o pudim.
Entretanto prepare o merengue, batendo as claras em castelo até que fiquem bem firmes. Vá juntando gradualmente o restante açúcar até o merengue ficar brilhante e macio.
Espalhe o merengue sobre a compota, e com as costas de uma colher dê-lhe o efeito que desejar. Em alternativa, pode usar um saco pasteleiro e espalhar o merengue, fazendo pequenos montinhos.
Leve ao forno por 15 minutos a 160ºC até que o merengue fique ligeiramente dourado, ou queime levemente com um queimador.
Com um maçarico queime ligeiramente o merengue.

Refrigere o pudim até à hora de servir.



14 comentários:

  1. Que aventura! É tão enervante quando algo aparentemente simples se revela mais complicado do que parece! E então quando não corre bem à primeira nem à segunda, é mesmo de nos pôr os nervos em franja! Mas acho que te saiste muito bem. É uma receita que também pretendo fazer em breve! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi mesmo uma aventura bem enervante :)
      Já diz o velho ditado que à terceira é de vez... :)
      Beijocas

      Eliminar
  2. Olá Marta,
    Apresentável?
    Cá eu acho que está lindo. De cor intensa e sim, o curd de laranja foi uma opção fantástica e que a mim também muito me agrada, pois como escrevi no meu post, acho este pudim demasiado doce para o meu palato, embora os gulosos cá de casa o adorem.
    Suada mesmo, lol!!! É uma receita relativamente fácil de fazer sim, mas lá está, pode correr mal e o ponto crítico é mesmo o pudim e o facto de poder talhar e lamento que a tua primeira versão tenha talhado mas olha, o objectivo deste desafio é esse mesmo, tentar, falhar, voltar a tentar e ser persistente por orgulho próprio e este teu post é disso um belíssimo exemplo, pois foste persistente quando muita gente teria desistido logo ao fim da primeira tentativa e obtiveste um resultado mais que perfeito. Parabéns e muito obrigada e já que estás embalada e ainda suada (lol), já podes ir começando o segundo desafio que já esrá hoje no blogue da Susaninha.
    Um beijinho grande, muito obrigada e estou muito orgulhosa deste teu desempenho.
    Lia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida Lia,
      Obrigado pelas tuas palavras!! Nem sabes o bem que sabe ouvir:) E fico tão feliz que tenhas gostado da apresentação! :)
      Sabes que apesar de ter sido enervante, e complicado, ter chegado a bom porto soube mesmo a vitória...embora ache que ainda não ficou como deveria....acho que o pudim passou o ponto...
      Adorei cada segundo, cada tentativa, e quem ainda gostou mais foi o meu filho mais velho, que assim foi tendo pudins para comer!
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Haha, bem percebo isso de estar a repetir por orgulho! Ainda bem que o fizeste, desta vez ficou perfeito, mesmo apresentável :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este pudim não haveria de ser mais teimoso que eu! Ora então!
      :)
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Bem Marta, que aventura! :)
    São situações destas que nos levam a progredir, e a tua atitude foi a acertada, não desistir até "domares a besta" :D Sei bem o que é pois já passei por isso algumas vezes.
    Lembro-me do Zebra que me levou a 4 ou 5 tentativas antes de chegar a um resultado apresentável... mas lá se deu. :)
    O teu Queen ficou belissimo! Adorei o facto de usares curd e ainda mais teres optado por deixares creme à vista, pois confere ao pudim um ar ainda mais apetecível. Está absolutamente delicioso!!!
    Muito Obrigada pela tua excelente participação, cheia de empenho, garra e superação, pois esse é mesmo o objectivo do desafio. :)

    Bjinhos e contamos contigo para nos acompanhares no novo tema, que já vi que te agradou ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi mesmo Susana,
      mas a aventura só contribuiu para que eu tivesse gostado ainda mais de participar! Adoro um bom desafio!
      Fico muito feliz que tenhas gostado da minha versão :D
      Beijinhos enormes

      Eliminar
  5. Ficou uma delicia. Ainda bem que não desistis-te. Maravilhoso!! Mnham...
    Beijinhos!!

    http://bimbysaboresdavida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fiquei bastante orgulhosa de não ter desistido, podes crer! Mas que foi uma "guerra" dura, foi! lol
      Beijinhos

      Eliminar
  6. Foi uma aventura! E ficou lindo.
    Há receitas assim, que puxam por nós, mas isso é tão bom.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pois é, estas "pequenas" aventuras fazem-nos crescer e evoluir!
      Beijinhos

      Eliminar
  7. Olá Marta :)
    A pesar da Odisseia o resultado foi muito positivo e aprende-se pelo caminho. Foi uma boa participação. A minha participação ficou só pelo meu blog, um contratempo não permitiu que nada data prevista partilha-se.
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu adorei o seu Queen, ficou lindíssimo! e foi realmente uma pena não ter desfilado ao lado dos outros.
      Beijinhos Rosa

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...