6 de junho de 2014

As pulseiras da moda .... e um Arroz de Forno, porque ainda apetece.

Yum
As pulseiras de plástico invadiram a nossa vida…. transversal a todas as idades, esta moda “atacou” miúdos e graúdos, e é a loucura total e um frenesim louco nas lojas dos chineses à procura de novas cores, novos modelos.
Tenho de confessar que este tipo de modas deixa-me um bocadinho de cabelos no ar…. Qualquer coisa que vira moda só porque, deixa-me desconfortável. O facto de se gostar de alguma coisa só porque há muita gente a usar, a fazer, a comer, etc, não faz o meu género. Mas contrariar o facto também não é uma coisa a que dedico muito tempo, não dou muita atenção, nem sou crítica em relação a quem se rende às modas que vão aparecendo. As modas são naturais e intemporais.
Mas, neste caso especial, também eu me rendi a esta moda….. quer dizer eu não, mas deixei que os meus filhos se rendessem, e lá fui eu (cheia de comichão) a uma loja chinesa comprar uns elásticos de cores giras para que os miúdos se dedicassem a fazer renda com elásticos…. sim as agulhas fazem-me lembrar as que eu usava em miúda para fazer naprons de renda! Era a maneira que a minha tia usava para me ter quieta durante algumas horas sentada num banco a fazer renda, em vez de andar a fazer disparates com a minha amiga Dina nas férias de Verão! – que saudades….
Mas a facilidade com que me rendi é porque na verdade estas pulseiras de plástico são uma ótima e estimulante actividade para as crianças. Se olharmos para além da parte lúdica e social,  a construção das pulseiras é ótima para desenvolver a motricidade fina, a atenção, a concentração e a criatividade…e assim num dois em um, tenho os meus miúdos todos contentes porque andam “fashion”!

Sim levanto o lenço branco e rendo-me…. :)

e enquanto se dedicam a fazer as pulseiras, deixo uma receita rápida, fácil, e de forno, porque ainda vai apetecendo comida assim aconchegante….





Arroz de Frango com Feijão Frade e Bróculos



Ingredientes (4 pessoas):
1 chávena chá Arroz Basmati
3 chávenas de Àgua, a ferver
1 Cebola, picada
100g de Bróculos, só os raminhos
1/2 chávena chá Feijão Frade, cozido
150g de Frango, cozido e desfiado*
Queijo ralado, a gosto
Cebolinho, picado, a gosto
Azeite q.b.
Sal e Pimenta, a gosto
* - Use restos de frango assado, ou febras - qualquer sobra de carne que tenha.

Preparação:
Num tacho, coloque um pouco de azeite e junte a cebola. Leve ao lume médio, até a cebola começar a ficar translúcida. Junte o arroz, mexe um pouco, e depois junte a água a ferver. Tempere de sal e pimenta. Deixe cozinhar em lume médio, e quando não tiver quase caldo nenhum junte os bróculos e envolva delicadamente, e deixe acabar de cozer o arroz. Apague o lume e junte o frango e o feijão frade e envolva.
Passe o arroz para um tabuleiro de forno e salpique com o queijo ralado.
Leve a gratinar no forno, pré-aquecido a 250ºC, até que o queijo derreta e fique como gosta.
Retire do forno, salpique com o cebolinho e sirva.

4 comentários:

  1. Olá!
    Também não sou a maior fã dessa moda, mas é melhor do que fazer outras coisas... sempre é um passatempo engraçado :)
    O arroz parece muitp bom :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida que acaba por ser uma mais valia! :)
      Beijocas grande, e em relação ao arroz, it's my kind of confort food :)

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...