1 de fevereiro de 2021

Bolo de Cenoura e Tangerina

São 46!

46 primaveras.

Grata é a palavra que me ocorre dizer no meu dia de aniversário.

Grata por ser feliz. Grata por ter ao meu lado um homem incrível, de uma sensibilidade e generosidade do tamanho do mundo, e que amo cada vez mais a cada dia que passa. Quero muito ser velhinha ao seu lado.

Grata por ser mãe de dois miúdos incríveis, que se tornam pessoas melhores a cada dia que passa.

Sou grata, muito grata.

 

 
























































Ingredientes:

Receita do livro Cozinha Vegetariana – Doces e Sobremesas de Gabriela Oliveira

1 Cenoura (100g)

1 ½ chávena de Farinha de Espelta ou de Trigo

½ chávena de Farinha integral de Aveia ou de Espelta

1 chávena de Açúcar Amarelo ou Açúcar de Coco

1 c. sopa de Linhaça moída

2 c. chá de Fermento em pó

1 c. café de Bicarbonato de Sódio

2 Tangerinas (raspa e sumo)

½ chávena de “Leite” Vegetal

½ chávena de Óleo de Girassol ou Óleo de Coco derretido

200ml de “Natas” Vegetais para bater

 

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180ºC.

Unte 2 formas de 12cm de diâmetro e reserve.

Rale finamente a cenoura e reserve.

Numa taça, misture os ingredientes secos: as farinhas, o açúcar (peneirado), a linhaça, o fermento, o bicarbonato e a raspa das tangerinas.

À parte, noutra taça, misture os ingredientes líquidos: o sumo das tangerinas (cerca de ½ chávena), o leite vegetal e o óleo. Deite no centro da taça das farinhas e bata cerca de 1 minuto, para incorporar e obter uma massa homogénea.

Junte a cenoura ralada e envolva levemente.

Distribua a massa pelas 2 formas e leve ao forno por cerca de 25/30 minutos. Verifique a cozedura espetando no centro dos bolos um palito de madeira. Se sair sem massa, o bolo está cozido.

Retire do forno e deixe arrefecer uns minutos em cima de uma rede.

Desenforme e deixe arrefecer completamente em cima da rede.

 

Com o auxílio de um nivelador de bolos, corte o topo de cada bolo deixando a superfície uniforme. Divida cada bolo em duas partes iguais, de modo a que fique com 4 discos todos da mesma altura.

Bata as natas vegetais, até estarem bem consistentes.

Esfarele os topos dos bolos que cortou e junte às “natas”. Envolva delicadamente.

Coloque um dos discos de bolo no prato ou base de servir e espalhe um pouco do creme. Alise com uma espátula ou com as costas de uma colher.

Sobreponha um segundo disco de bolo comprima muito suavemente.

Volte a repetir a operação que realizou para o primeiro disco, e o mesmo para o terceiro disco de bolo.

Coloque no topo o quarto e último disco de bolo.

Barre o bolo no cimo e em toda a volta com o restante creme de “natas”.

 

E voilá!  Perfeito.

 

Nota: Esta receita no livro da Gabriela é apresentada na forma de Muffins.

1 comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...