19 de abril de 2021

Pão de Ló da Avó São

 

A minha sogra é uma cozinheira de mão cheia. É uma inspiração na arte de bem cozinhar e receber. Do pouco faz muito e qualquer receita que sai das suas mãos é maravilhosa. Gostava de um dia saber cozinhar tão bem como ela

O seu Pão de Ló é dos bolos que o meu filho mais novo mais gosta, e é dos poucos que come com uma enorme satisfação. Pedi-lhe a receita e reproduzi-o cá em casa.

É verdade que sabe muito melhor se for comido lá na "terra", na Milriça, de preferência feito no forno de lenha, a saber a fumo, e com uma chávena de chá a olhar para a paisagem que rodeia a sua casa... mas ainda assim soube muito bem.

Este é o Pão de Ló da Avó São.

 







Ingredientes:

6 ovos

Peso dos ovos de Açúcar

1/2 Peso dos ovos em Farinha (roubar um pouquinho no peso)

1 c. chá de Fermento em Pó

Raspa e Sumo de 1 Laranja

1 pitada de sal

 

 

Preparação:

Preparar uma forma, untada com manteiga e polvilhada com farinha.

Pré-aquecer o forno nos 180ºC.

Bater as gemas com o açúcar até obter um creme esbranquiçado e fofo.

Juntar o sumo e a raspa da laranja e bater mais um pouco.

Adicionar a farinha, previamente misturada com o fermento, e envolver com uma colher de pão.

Bater as claras em castelo com uma pitada de sal, e depois adicionar à massa, envolvendo muito delicadamente.

Verter a massa na forma e levar ao forno durante cerca de 25 a 30 minutos.

Verifique a cozedura, espetando um palito de madeira no centro do bolo. Se sair sem massa está cozido. Não deixe cozer muito, para não ficar seco.

Retire do forno e deixe amornar uns minutos ainda dentro da forma.

Desenforme e deixe arrefecer por completo em cima de uma rede.


Dicas #desperdiciozero

Não deite as cascas dos ovos fora.

As cascas de ovo podem ser usadas como fertilizante natural para as suas plantas, porque possuem elementos tão importantes como o cálcio, magnésio e proteínas, que contribuem para regular a acidez do solo e a melhorar o crescimento radicular das plantas. Basta que as seque protegidas do sol, e depois de as triturar é só adicionar aos seus vasos.

Pode ainda aproveitá-las e fazer uns arranjos decorativos.

Veja mais algumas dicas n'A Senhora do Monte.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...