8 de janeiro de 2018

Marmelada de Laranja {Orange Marmalade}


Não sou a maior das apreciadoras de compotas, marmeladas e afins... gosto particularmente de uma geleia que faço todos os anos, a geleia de romã, mas outras compotas ou marmeladas, gosto de comer muito de vez em quanto.
Contudo, este mês, dedicado às laranjas, achei que deveria fazer uma marmelada. Já tinha visto imensas receitas e achei que era a oportunidade certa para concretizar a ideia.
Existe uma panóplia imensa de receitas. A grande maioria usa a casca também, ideia que me entusiasmou ao inicio, mas que abandonei ao final de 3 tentativas para encontrar uma marmelada que realmente me agradasse.
Comecei por experimentar uma que cozinhava as cascas cortadas em juliana bem fininha, introduzindo depois a laranja e toda a parte branca da casca (para aproveitar a pectina) depois da casca estar bem cozida.  Ficou muito amarga para o meu gosto… depois pesquisei outras receitas em busca de uma que não ficasse com um trago amargo e descobri um blogue que tinha a dica de escaldar a casca por 3 vezes, descartando sempre a água entre fervuras, cujo resultado final embora me tenha agradado, não me encantou por encontrar os pedaços de cascas no meio da marmelada. Mas aqui tenho a certeza que é só mesmo uma questão de gosto pessoal. Manias.
Por fim, achei que deveria seguir um pouco o meu instinto, e acabei por fazer uma receita onde incluí um pouco da água de escaldar as cascas da laranjas mas sem as incluir na elaboração da marmelada final. Foi sem dúvida a que mais me agradou, quer na cor, consistência e sabor.

Assim aqui fica a receita da minha Marmelada de Laranja 😊






Ingredientes (para cerca de 200ml):
2 Laranjas
1 chávena de Água (1/3 de água de escaldar as cascas da laranja + 2/3 água)
½ chávena de Açúcar com Pectina
½ chávena de Açúcar Refinado
Sumo de ½ Limão



Preparação:
Use um descascador de vegetais para remover uma fina camada da casca exterior das laranjas. Caso algumas raspas ainda tenham camada branca do interior da casca, raspe-a com uma faca, de modo a eliminar a maior parte possível do albedo.
Use uma faca afiada e corte as aparas da casca em juliana bem fina.
Num tachinho coloque um pouco de água e as cascas de laranja. Leve ao lume e deixe ferver por 10 minutos.  Depois, coe um pouco de água da cozedura, perfazendo 1/3 de chávena. Reserve as cascas da laranja, podendo usá-las noutra receita – eu usei numa receita de granola, que trarei dentro de dias.
Agora, arranje as laranjas. Com a ajuda de uma faca muito bem afiada, corte as extremidades das laranjas (o topo e o fundo). Coloque a laranja em pé em cima de uma tábua de corte (os cortes das extremidades ajudam no apoio). Corte a casca no sentido do comprimento, retirando toda a película branca que envolve a laranja. Agora que está toda descascada, dá para ver a película que separa os gomos, como uma linha fina. O corte da laranja tem que ser o mais rente possível a esta película, para o lado de dentro, de maneira a retirar os gomos limpos e deixar apenas a película ainda presa à laranja. Este processo convém ser feito tendo por baixo uma taça para poder aproveitar todo e qualquer sumo que se liberte durante o processo. Repita o mesmo na outra laranja. Corte os gomos das laranjas em pedaços mais pequenos.
Nota: para ver esta técnica vejam este vídeo



Numa panela média, coloque as laranjas e o sumo que libertaram, os açúcares, o sumo de limão e a água (1/3 da água da cozedura das cascas + 2/3 de água corrente).
Leve ao lume e deixe levantar fervura em fogo médio, depois reduza para lume brando, de modo a que a mistura mantenha a fervura, mas de um modo lento.
Deixe cozinhar por cerca de 40 minutos, ou atinja uma temperatura de 105ºC, mexendo a cada 5 ou mais minutos, mas mantendo um olhar atento.
Nesta fase a marmelada terá ainda uma consistência líquida, mas gelatinosa. Ela ficará mais firme à medida que arrefece, e ainda mais se a colocar no frigorifico.

Transfira a marmelada para um recipiente limpo.


3 comentários:

  1. Confesso que em termos de doce de laranja gosto daquelas orange marmalades bem britânicas, bem amargas!!

    ResponderEliminar
  2. Ficou fantástica! Eu cá adoro compotas! Desde que comecei a fazer dieta raramente como porque eu gosto de barrar uma camada generosa no pão! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Martinha, esta marmelada está simplesmente maravilhosa!
    Confesso que não sou grande apreciadora de marmelada, mas desde que fiz a de marmelo com maçã ou com pera, passei a ser fã. E esta vou, com toda a certeza, experimentar!
    Beijinhos e até breve, pois assim que seja possível volto com a minha receita de laranja.

    Paula G.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...