13 de dezembro de 2010

Jardineira de porco

Esta receita não traz nada de novo, eu sei... talvez com excepção de não ter usado batata (que para mim não fez falta nenhuma). De resto foi feita do modo mais tradicional que conheço. Mas tenho de dizer que estava uma delicia.
Em boa parte o seu sabor ficou a dever-se ao facto de ter sido confeccionada com produtos vindos directamente das hortas do meu pai e da minha sogra. O feijão verde do meu pai, as cebolas da minha sogra,  o azeite do lagar da terra da minha sogra, e o toque de calda de tomate feita por mim, usando tomates da horta do meu pai!...
Tenho consciência plena que sou uma sortuda, por durante todo o ano, ter o privilégio de poder saborear o que a terra dá, sem aditivos.



Ingredientes:
400/500g carne de porco cortada aos cubos
500g de feijão verde
1 cebola
4 cenouras
1 tomate pelado
2 dentes de alho
1 folha louro
azeite
sal a gosto

Preparação:
Leve ao lume a cebola e os dentes de alho a alourar no azeite; adicione o tomate picado. Acrescente a carne, tempere de sal, e adicione um pouco de água; deixe cozinhar. Quando a carne estiver praticamente cozida acrescente as cenouras cortadas aos cubos e o feijão cortado ao meio; deixe cozinhar até os legumes estarem cozidos.
Bom apetite!

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...